Site Autárquico Silves

NOITE DOS MUSEUS TRAZ MÚSICA E DOCUMENTÁRIOS AOS MUSEUS DO CONCELHO DE SILVES

NOITE DOS MUSEUS TRAZ MÚSICA E DOCUMENTÁRIOS AOS MUSEUS DO CONCELHO DE SILVES

Património Cultural

16 de maio de 2017

O concerto “Guitarras e Património” e a exibição “O Algarve interior em imagem” são as iniciativas que integram a Noite dos Museus no concelho de Silves e que terão lugar no dia 20 de maio, pelas 21h30, no Museu Municipal de Arqueologia de Silves e Museu do Traje e das Tradições, em SB Messines, respetivamente.

Paulo Galvão, da Academia de Música de Lagos, interpretará Francisco Tárrega e Heitor Villa-Lobos, num concerto que integra o programa 365 Algarve e que terá o poço cisterna almóada do Museu de Arqueologia como pano de fundo.

Em SB Messines, a noite será preenchida com a projeção de “O Algarve Interior em Imagem”, através da exibição de nove documentários que mostram as atividades do interior do Algarve, muito diversas, já extintas ou em vias de extinção.

Relembramos que a Noite dos Museus foi lançada em 2005 pelo Ministério da Cultura e Comunicação de França, com o intuito de atrair aos museus famílias e uma audiência mais jovem e, simultaneamente, mobilizar os visitantes na Europa para um evento comum que contribuísse para construir uma Europa de Cultura.

A entrada é livre.


MAIS SOBRE PAULO GALVÃO (GUITARRA CLÁSSICA)
Nasceu em Portimão, em 1967. Iniciou a sua aprendizagem musical com Luís Robert na Escola de Música do Grupo Coral de Lagos, tendo posteriormente prosseguido estudos no Conservatório Nacional, em Lisboa, onde concluiu o curso de Guitarra em 1992, na classe do Prof. Manuel Morais. Com o mesmo Mestre, terminou, em 1996, uma especialização em Instrumentos Antigos: alaúde renascentista e guitarra barroca. Paralelamente, desenvolveu a sua formação frequentando workshops e masterclasses com Jakob Lindberg, Alberto Ponce, Hopkinson Smith, Javier Hinojosa, Piñeiro Nagy e Lopes e Silva. Estudou composição com Jorge Peixinho e harmonia com Manuel Morais.
Em 1992, iniciou a sua atividade pedagógica na Academia de Música de Santa Cecília, em Lisboa, tendo também lecionado no Conservatório de Loures, na Escola de Música Nossa Senhora do Cabo e na Escola de Música Crescendo. Desde 1998 é professor de Guitarra na Academia de Música de Lagos. Nesta escola, fundou os projetos pedagógicos "1001 cordas" e "Guitar Kids", que atualmente dirige e para os quais escreveu dezenas de arranjos e composições originais.
Em 2013, concluiu a sua Profissionalização em Serviço, como docente.
Ao longo dos anos, Paulo Galvão tem realizado um vasto número de atuações, tanto a solo como integrado em diversas formações de música de câmara.